Por isso...

Aqui teremos papos, desabafos, dicas, receitas e tudo que possa facilitar nossa correria diária de ser mulher, mãe e tal

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Você já pensou doar a sua medula?

Olá!!!
Esta semana tive a notícia que uma amiga do coração está com leucemia. Uma amiga virtual, mas real!! Pessoa de caráter maravilhoso e mãe de uma filha linda da idade do meu Gabriel. Esta amiga linda acabou de fazer 27 anos e tem uma vida inteira pela frente!!! 
Ela vai sair dessa com certeza!!! Ela é forte, guerreira e já enfrentou muita coisa em sua caminhada e este obstáculo vai ser o menor deles.
Minha amiga mora em São Paulo e está precisando de doações de sangue no momento, mas ainda não se sabe se precisará de doação de medula. Quero muito ajudar de alguma forma e aqui é um meio para isso.

Para quem está em São Paulo:
P/ DANIELA SANTOS DE CARVALHO
RGHC 13941027
Seu Tipo de sangue é O+. Mas, se o seu não for o mesmo, o sangue vai para outra pessoa que também necessita.
 

Hospital das Clínicas de São Paulo
Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155 - 1º andar
De segunda a sexta-feira das 7hs às 19h. Sábados, domingos e feriados das 8h às 18h.
Estacionamento gratuito por até duas horas, Garagem Subterrânea Clínicas


Mesmo que você não more na cidade dela, a doação de sangue e medula são muito importantes.
Veja, passo a passo, como funciona a doação de medula óssea no Brasil:
· É preciso ter entre 18 e 55 anos de idade e boa saúde (ver condições na sessão “Doação de Sangue”);
· É necessário se cadastrar como doador voluntário em um Hemocentro (veja os endereços listados abaixo);
· No cadastramento, os voluntários doam apenas 10 ml de sangue;
· Essa amostra passa por um exame de laboratório, chamado teste de HLA, que determina as características genética do possível doador;
· As informações são colocadas em um cadastro nacional, o REDOME, ou Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea;
· Quando alguém precisa de transplante, os técnicos do Redome fazem a pesquisa de compatibilidade por entre os registros de todos os doadores cadastrados;
· Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer outros exames de compatibilidade genética. Se o perfil coincidir com o do paciente que precisa do transplante, o voluntário decide se realmente quer doar;
· Durante a doação, o doador recebe anestesia geral. Com uma agulha, a medula é aspirada do osso da bacia;
· A quantidade de medula doada é de apenas 10% da medula total. Em 15 dias ela já estará recomposta.
Os interessados em doar devem procurar o Redome ou o Hemocentro mais próximo. Em São Paulo  e Santa Catarina estão nos seguintes endereços:
São Paulo
Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
Rua Marquês de Itu, 579
Vila Buarque – São Paulo-SP
CEP: 01221-001
Telefone: (11) 2176-7000 / 0800-167-055

Hemocentro Regional de Ribeirão Preto
Rua Tenente Catão Roxo 2501
Monte Alegre - Ribeirão Preto/SP
CEP: 14.051-140
Telefone: (11) 3963-9300

Hemocentro Regional de Marília
Rua Lourival Freire, 240
Fragata - Marília-SP
CEP: 17.519-050
Telefone: (14) 3402-1868 / 3402-1866

Hemocentro Regional de Campinas
Rua Carlos Chagas, 480
Hemocentro da Unicamp - Campinas-SP
CEP: 13.083-878
Telefone: (19) 3788-8740

Núcleo de Hemoterapia de Franca
Av. Dr. Hélio Palermo, 4181 – Santa Eugênia – Franca – SP
CEP.: 14409-045
Telefone: (16) 3727-3666

Hemonúcleo Hospital Universitário de Taubaté
Av. Granadiero Guimarães, 270 – Taubaté – SP
CEP.: 12020-130
Telefone: (12) 3633-4422 – ramal: 7623 / 7593

Hemocentro São José do Rio Preto
Av. Jamil Feres Kfouri, 80 – Jardim Panorama – São José do Rio Preto – SP
Telefone: (17) 3201-5151 / 3201-5078

Santa Catarina
Centro de Hemoterapia e Hematologia de Stª Catarina - HEMOSC
Av. Othon Gama D’eça, 756 Praça D. Pedro I
Centro – Florianópolis – SC
CEP: 88015-240
Telefone: (48) 3251-9711 / 3251-9712 / 3251-9713

HEMOSC Chapecó
Rua São Leopoldo – Quadra 1309
Esplanada – Chepacó – SC
CEP: 89.811-000
Telefone: (49) 3329-0550

HEMOSC Criciúma
Av. centenário, 1700
Santa Bárbara – Criciúma – SC
Cep. 88.804-001
Telefone: (48) 3433-6611

HEMOSC Joaçaba
Avenida XV de Novembro, 49
Centro – Joaçaba – SC
Cep. 89.600-000
Telefone: (49) 3522-2811

HEMOSC Joinville
Av. Getúlio Vargas, 198 - anexo ao Hospital Municipal São José
Joinville – SC
Cep.: 89.202-000
Telefone: (47) 3433-1378

HEMOSC Lages
Rua Felipe Schmidt, 33
Centro – Lages – SC
Cep. 88501-310
Telelefone: (49) 3222-3922

Posto de Coleta de Tubarão
Rua Rui Barbosa, 339 – anexo a Gerência de Saúde
Fone: (48) 3621-2405

Agradeço de coração quem puder tirar um pouquinho do seu tempo, beijocasss!!!!

7 comentários:

Dani disse...

Lindo o seu gesto, Carlinha!
Moro com um doador de sangue e medula de carteirinha, mas ainda não fiz a "minha parte"...shame on me!

Vamos doar, pessoas! Vamos?

Ministério disse...

Olá, blogueiro (a),
Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.
Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.
Acesse www.doevida.com.br e saiba mais.
Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
Atenciosamente,
Ministério da Saúde
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

Tati disse...

é verdade, Carlinha! belo gesto
quem não pode ajudar divulga!
bjs

Carla disse...

Olá Ministério, muito importante a sua visita, muito obrigada por suas palavras. Ser doador de órgãos tbém precisa ser divulgado. Torço para que as pessoa nos vistem e reflitam e passe adiante sobre estas ações que salvam vidas!!

Obrigada meninas, não sou doadora, mas isto tudo para mim, foi um puxão de orelhas. bjossssssssss

Daya disse...

Muito boa iniciativa Carla!!
Doar sangue eu não posso, por causa da minha anemia, enfim, uma longa história, mas talvez eu possa doar a medula, pra isso preciso vencer o meu medo (visualizo a agulhona entrando na bacia, uix) que é insignificante diante da possibilidade de ajudar uma vida!
E que sua amiga consiga vencer essa batalha!!!!
bjks

Carla disse...

Vai vencer sim Daya, se Deus quiser.
Ela iniciou um Blog hoje, quem quiser seguir ela vai adorar.
http://guerreiradanny.blogspot.com/

Isabel disse...

Legal seu post...
Meu marido é doador de sangue e medula, e eu de medula...
Nunca conheci ninguem que precisasse, mas me angustia muito saber que a cura pode existir e o doente não ter esse acesso.

bj