Por isso...

Aqui teremos papos, desabafos, dicas, receitas e tudo que possa facilitar nossa correria diária de ser mulher, mãe e tal

sexta-feira, 16 de julho de 2010

O tempo corre demais...

Num domingo de sol fomos a um gostoso restaurante em Itapema e para sermos atendidos, era preciso pegar (acreditem) senha!!!! Um lugar muito gostoso, com atrativos para crianças, linda vista para o mar e comida deliciosa! Não ganho comissão, mas indico aos amigos, chama-se “Recanto da Sereia"  e quem quiser ir até lá, tem que ter paciência, nós esperamos "apenas" 100 pessoas para almoçar, na verdade foi quase um jantar pela demora, rsrsrsrs, mas, a vista compensa e o tempo passa rápido...
Depois do almoço/jantar fomos a praia levar o Gabriel para correr e brincar um pouco e eu para parar um pouquinho. Praia nesta época do ano é difícil, por causa do friozinho, mas contemplar o mar não precisa obedecer a estações...
Sentei na areia e fiquei observando o Gab brincar com o pai, ora sozinho, ora com seus brinquedos. Ao fundo a belíssima paisagem, o mar azul, barulho das ondas, um sossego total.
Neste cenário mágico, comecei a divagar sobre o passado, o presente e o futuro.

Há tão pouco tempo o Gabriel era um bebezinho de colo...
...agora já está um menino de três anos (quase quatro), com muitas vontades, anseios, desejos e opiniões.
Quanto trabalho até aqui. As inseguranças no nascimento, o medo de não dar conta do recado, a adaptação na amamentação, as cólicas, o refluxo, a escolha de dar chupeta ou não, a falta de tempo para até mesmo arrumar o meu cabelo, a escola aos quatro meses de idade, a culpa pela separação e volta ao trabalho.... se eu fosse elencar tudo, faltaria espaço... Mas, foram tantas as mudanças e conflitos vividos em prol de uma vida tão preciosa, que se voltasse ao tempo, não modificaria nada, viveria tudo ainda mais intensamente, ah, que saudade daquele bebezinho tão pequenino!!! Na verdade não tenho mais bebê, ele é o meu garoto que cresce muito rapidamente e ao mesmo tempo que, acho fantástico presenciar seu desabrochar, sinto um frio na barriga de ver o tempo correr.
Os dias passam e meu dou conta que preciso apagar velas! É hora de comemorar, meu aniversário chegou!!!!
Festa surpresa, abraços apertados, mensagens calorosas, muito carinho para enfrentar mais uma etapa da vida!!!
Tudo isso me faz pensar em como está a minha saúde, minha mente, minha VIDA!!!
Até quando conseguirei estar com meu filho, acompanhar seus passos e ver seus pés conquistarem o mundo??? Até quando conseguirei estar com a minha família reunida???
Só Deus sabe!!!! Não sabemos como será o dia de amanhã.
O que nos cabe é vivermos cada instante, superando com coragem o que for preciso, vivenciando e ensinando valores de bem, agradecendo a oportunidade de estarmos juntos e celebrando as pessoas que amamos.
O tempo passa e tudo muda, a paisagem, o lugar, a cidade e as pessoas também, mas o que não muda e o tempo não leva, são os lindos momentos que guardamos no coração...

7 comentários:

Daya disse...

Carlinha, lindo o post, emocionante!
Ler a sua história me fez reviver a minha com a Maya, realmente, eles crescem voando!
Áh, eu tb já passei pela experiência de esperar por 100 pessoas pra almoçar, e de quebra, no mesmo dia,ainda vi um casamento no Recanto, foi lindo!
bjkas

Tati disse...

sua bobona! me fez chorar uma hr dessas!
Parabéns, minha amiga e muito mais momentos lindos para vc e esta família que adoro tanto!
bjs, bjs

Dani disse...

Carlinha, vc me emocionou.
Adoro esse olhar contemplativo sobre a vida....
Parabéns pela família que tem e pelo aniversário que passou.
Mil beijos

Carla disse...

que bom que gostarm meninas...
Enquanto eu escrevia tbém chorei Tati e olha a hora que postei, rsrsrsrs, mas aqui certamente todas passaram e estrão passando por momentos assim, que bom que estamos juntas para dividirmos nossas emoçoes....

Daya, um casamento lá no Recanto? Que lindo que deve ter sido...obrigada pelas palavras...

Dani, obrigada tbém querida, a sua tbém é MRAVILHOSA!!!!!!!
beijos, beijos...

Lulu disse...

Carlinha, tinha escrito aqui há dois dias, mas não apareceu...
O Recanto é maravilhoso mesmo, mas haja paciência, né? rs
Parabéns, querida!!!

Verônica Cobas disse...

Ooops...estava ao lado da Tati e usei o nome dela e não o seu. Perdoe-me, Dani. bjss

Dani disse...

Oi, Verônica!
Acho que perdi o fio da meada...onde vc citou meu nome? rs
Pra não perder a oportunidade: adoro seus textos!!!