Por isso...

Aqui teremos papos, desabafos, dicas, receitas e tudo que possa facilitar nossa correria diária de ser mulher, mãe e tal

domingo, 8 de agosto de 2010

Dia dos Pais

Há dias que estou pensando a respeito desse post, sobre o que devo escrever, o que seria mais apropriado para essa data, afinal Dia dos Pais não é qualquer coisa não é mesmo?. Claro que estou me referindo ao Pai de verdade, aquele que se dedica, que se preocupa, que participa ativamente da vida do filho, nem que seja uma horinha por dia, aquele que acorda durante a madrugada para "socorrer" o filho enquanto a esposa está cansada, aquele que não vê problema algum em trocar fraldas e gosta de verdade de participar da principal arte de criar uma pessoa, que é a arte de educar.
Pensando sobre isso, tem duas pessoas em especial que não saem da minha cabeça, meu Pai e o meu marido, que posso dizer que são dois super Pais.

Meu pai é para mim um super exemplo, determinado, corajoso,alguém que eu admiro incondicionalmente, quem o conhece pessoalmente fala que ele é uma pessoa iluminada, e realmente acredito que seja mesmo. Tenho ótimas recordações da minha infância, das nossas brincadeiras. Uma coisa que eu sempre lembro e que era uma das minhas brincadeiras favoritas era quando eu ganhava uma maquiagem nova, essas infantis pra meninas, ele deixava eu testar tudo antes nele, rs. Ele ficava uma graça, pena que não tenho fotos aqui comigo dessa época. E ele eu posso dizer com todas a certeza que foi e é um super pai mesmo.

O Rômulo ( meu marido) me surpeendeu muito, como eu já contei aqui em outro post, fomos pais muito jovens, eu com 15 e ele 19. Mas independente da idade dele, sempre foi um pai muito presente, brincalhão e que se preocupa com os filhos ( digo filhos pq hoje já temos 2). A primeira coisa que ele faz todos os dias quando chega em casa é ir brincar com a mulecada, ele está sempre inventando algo novo.. agora a brincadeira do momento é uma tal de "mão reta", não me pergunte exatamente o que é isso, pq como o Gabriel mesmo diz: "Isso só meu pai sabe fazer mãe, tu não", e realmente não sei, rs. E acho que isso é uma das coisas que eu mais admiro nele, a forma como ele se preocupa com os meninos, como cuida, e cuida mesmo, posso sair numa boa que quando e voltar a mulecada vai estar bem.


A minha família tem o costume de se reunir sempre, quase todo final de semana é motivo para algum encontrinho, e nessas datas especiais geralmente vamos para algum lugar bacana, e hoje não foi diferente, almoçamos todos em um restaurante muito bacana aqui na serra catarinense, e depois fomos a um parque brincar com a criançada.
Segue algumas fotos do nosso super dia em família.
Eu, meu pai e a minha irmã.
Eu, o Rômulo e o Lucas.
E a brincadeira da tarde foi: " Esquibunda a moda da família Silveira".
Meu pai descendo o morro super empolgado,
dá pra notar né?
Meu tio e o meu primo descendo juntos, rsrs.
E pra finalizar, o Rômulo descendo o morro
também, mas do jeito dele, rsrs.

4 comentários:

Lulu disse...

Cá, sua família é linda! Parabéns pros papais aí!

Tati disse...

Ca, que delícia de dia, hein?
parabéns aos "pais" da sua vida!
bjs, bjs

Dani disse...

Adorei a foto do teu pai no esquibunda.
Deve ter sido um dia maravilhoso. E como a Tati falou: parabéns aos pais da sua vida!!!
Bjos

Beta Bernardo disse...

hahahaha... adorei!!!
Tb quero escorregar nesse morro!

bjks, Beta